sábado, 19 de fevereiro de 2011

Vanina, ao luar n´ O Cavaleiro da Dinamarca



Sinto-me tão triste!
Sinto-me tão só!
A minha garganta sufoca!
Passo os dias a bordar.
Passo os dias a suspirar!
Esperando alguém que me venha salvar.
Estou perdida num mar de amores...
Falta-me tudo!
Não sei onde estás.
Noite após noite, choro no meu quarto.
Não sei onde te hei-de encontrar.
Custa-me tanto viver assim!
Foste-te um dia sem avisar e foi assim que te perdi.
Dói-me tanto viver assim!
Quero voltar a estar contigo, meu amor!
Finalmente, não te esqueceste de mim e vieste ao meu encontro.
Sonhei com esta noite todos os dias.
Gostava de ter uma estrela para ver onde te encontravas.
Vou pentear os meus cabelos para veres o brilho deles.
Vamos fugir para bem longe... para bem longe do homem que me trancou aqui.
Numa noite de luar, dançaremos com o vento, muito juntos, a valsa do nosso amor!

Ludmila, 7.º B 

Sem comentários:

Enviar um comentário

Halloween party 2019

Na Biblioteca festejámos o Halloween de forma muito divertida.